eleanor1

Livro: “Eleanor & Park” – Rainbow Rowell

Publicado em 2014 pela Editora Novo Século, este romance “Yong Adult” foi uma das leituras mais fofas (e ao mesmo tempo mais dramáticas) que fiz nos últimos anos.

A estória é ambientada em plena década de 80 e a incrível trilha sonora referenciada no texto retrata uma época repleta de boas músicas e história em quadrinhos de sucesso.

Este livro me trouxe vários sentimentos: saudades de minha adolescência, lembranças da época da escola, lembranças da primeira paixão, mas principalmente, a leitura me trouxe um profundo sentimento de empatia pelo sofrimento da personagem principal (Eleonor – que sofre bullying no colégio e na própria casa onde mora).

A autora Rainbow Rowell sempre intercala a narrativa entre os personagens principais. Ora lemos a estória sobre o ponto de vista da Eleonor; ora, do Park. Os capítulos são curtos e a diagramação da Novo Século ficou perfeita. O visual é lindo e isso facilita bastante a leitura.

Eleonor é um menina ruivinha de 16 anos, com sobrepeso, um estilo de se vestir incomum e uma vida familiar caótica. Ela acaba de chegar numa cidade nova e, no seu primeiro dia de aula, conhece o mestiço Park (meio coreano, meio norte-americano). Eles acabam sentando no mesmo banco do ônibus escolar e começam a se envolver emocionalmente. De completos estranhos, em poucas semanas, eles se tornam melhores amigos que compartilham fitas cassetes (sim, as famigeradas fitas cassetes) e HQs.

Park não é um garoto descolado, mas também não é um geek completo. Ele nem é do grupo dos mais populares, nem é do grupo dos zoados. É apenas um carinha que arranjou uma forma de não ser sacaneado na escola e de não chamar a atenção. Isso até o dia que se vê apaixonado pela novata estranha, o que faz sua vida pacata complicar um pouco.

O Park é um garoto lindo, de uma alma pura. Ele consegue enxergar o quanto a Eleonor é especial e o quanto ela precisa dele para se sentir segura. Apesar disso, ele sente um pouco de vergonha de ser amigo de uma garota tão “marginalizada” na escola.

O livro traz diversos temas importantes como pano de fundo: bullying, violência doméstica, falta de autoestima, preconceitos, etc.

O estória que a Rainbow Rowell escreveu é triste, sarcástica, geek e, principalmente, tocante e sincera. Não é à toa que este livro recebeu a premiação de melhor YA de 2013 no Goodreads. Não consegui largá-lo até a hora de finalizar a última letrinha.

eleanor2

É importante frisar aqui que o livro não é perfeito. Existem alguns furos na estória. Outra coisa que me incomodou é que a autora, repetidas vezes, abre um capítulo apenas com um único parágrafo, pulando para o capítulo seguinte. Ora, para que serve um capítulo apenas com uma frase orfã? É no mínimo estranho! Outra coisa que me deixou chateada foi o final. Quase jogo o livro no chão de raiva quando li o final. Mas, depois do desgosto dos primeiros segundos, eu pude entender que o livro terá continuação.

Nenhum desses pequenos problemas tiram a beleza desta obra. Nada disso impediu que o livro se transformasse num dos queridinhos do público jovem. Afinal, o que importa mesmo no fim das contas é o conteúdo.

OBS.: Eleanor e Park vai virar filme. As gravações devem começar no ano que vem. Já imagino esta linda estória nas telonas do cinemas. A trilha sonora será um capítulo à parte. Anotem aí: essa trilha será de arrasar! A gurizada vai enlouquecer com esse filme! Eu já passei dos 30, mas estarei no cinema para prestigiar essa linda e envolvente estória sobre o primeiro amor.

Abaixo um vídeo super bacana sobre bullying.

 

Inscreva-se, Curta e/ou Compartilhe.

'Livro: “Eleanor & Park” – Rainbow Rowell' Não existem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Você gostaria de compartilhar suas impressões?

Seu endereço eletrônico não será publicado.

error: Este conteúdo está protegido !